segunda-feira, 6 de junho de 2011

Coluna C&A


Crítica & Autocrítica - nº 74                         

* Participei, durante o último final de semana, do  1º #BlogProgRS (1º Encontro de Blogueiros e Tuiteiros do RS). O evento, que reuniu mais de duzentos ativistas da blogosfera, ocorreu na Câmara de Vereadores de Porto Alegre. Dentre os inúmeros painelistas que abrilhantaram os três dias do evento, destaco o Renato Rovai, Eduardo Guimarães (à esquerda na  foto acima,  conversando com este blogueiro), Marcelo Branco,Altamiro Borges, Cláudia Cardoso, Leandro Fortes, Marco Wesshemier, Luciano Ribas, Norelys Morales (Cuba) e Vinicius Whu.
...

* Extremamente exitosa para o Estado a viagem do governador Tarso à Coréia do Sul.  Muitos negócios e empreendimentos que gerarão milhares de empregos  e divisas para o povo gaúcho foram realizados e acertados. O Rio Grande  em breve também estará  na vanguarda da fabricação de semicondutores na América Latina. Segundo informou sua assessoria de imprensa, 'o governador gaúcho também  foi recebido pelo governador da província de Chungnan, Hee-Jung Ahn, a maior e mais importante da Coreia do Sul, com forte atuação no setor industrial, principalmente em função da alta produtividade das fábricas da Hyundai e Samsumg. Na oportunidade, ficou definido que os dois estados irão trabalhar em conjunto para firmar uma cooperação nas áreas de ciência e tecnologia, educação e intercâmbio esportivo.'
...

* O Presidente do PT de Santiago, ex-vereador Antônio Bueno, concedeu entrevista ao novo blog 'O Boqueirão'
http://o-boqueirao.blogspot.com/ sobre a RST 377, deixada inconclusa pelos governos Rigotto e Yeda. Disse, dentre outras coisas: "o estado da rodovia é sem dúvida precário, sem acostamento, sem sinalização horizontal e vertical, mas nada comparado às buraqueiras do tempo do FHC (ex-presidente Fernando Henrique Cardoso). O pessoal do DAER está fazendo um esforço muito grande para consertar e evitar o aparecimento de novos  buracos. A estrada está irregular, mas nada que justifique bloqueio. Um pessoal do PSDB, principalmente,  é que está fomentando o bloqueio da rodovia".  Bueno informa ainda que retornou domingo a tarde do município de Palmeira das Missões através da 377,  e que "já tinha ido para lá na sexta e viajei à noite, sou, portanto, testemunha da real situação da rodovia.  Existe uma grande dose de exagero nisso tudo. Esta semana estive na Radio Santiago falando sobre o assunto, esclarecendo. É claro que a 377 precisa ser concluída, quanto mais cedo, melhor,  somos defensores disso.  Mas o que está ocorrendo aqui  trata-se,  no meu entendimento, nada mais, nada menos, do que uma disputa política, e isso é lamentável, não ajuda em nada'.
....

* O jornalista Leandro Fortes, da revista Carta Capital e  Editor do blog Brasília, eu Vi, também  esteve conosco, abrilhantando o Encontro de Blogueiros e Tuiteiros do RS. É dele a postagem abaixo, que socializo com meus prezados leotores, um fiel retrato de como se dá a manipulação de pessoas pobres, analfabetas e ingênuas pelo chamado agro-negócio (ou, em outras palavras, latifúndio), que quer liquidar não somente com os ambientalistas, como se deu semana passada com o assassinato de um casal de companheiros no Pará, mas também  com o que resta das nossas florestas, através da reforma (ou mutilação) do Código Florestal Brasileiro.  Isso se dá, de forma mais enfática e destruidora, no centro e do norte do país, aplaudida pela bancada federal ruralista e seus satélites estaduais. Leia a seguir:

"A balada de José e Maria - José Roque dos Santos, 59 anos, e Maria do Socorro Diniz, 58 anos, o casal das fotos ao lado, não têm escolaridade, nem terra, nem futuro algum. São dois lavradores de Doverlândia, um município perdido de Goiás, de pouco mais de 7 mil habitantes. À meia noite de segunda-feira, 23 de maio, o casal foi colocado dentro de um ônibus com outras 30 pessoas e, em troca de lanche e uma camiseta, foram enviados pelo sindicato rural local para Brasília, a seis horas de viagem de lá. José e Maria se juntaram, então, a outras centenas de infelizes enviados à capital federal pela Confederação Na cional de Agricultura (CNA) para, exatamente como gado tocado no pasto, pressionar os deputados federais a votar a favor do projeto de Código Florestal do deputado Aldo Rebelo, do Partido Comunista do Brasil.
Conversei com o casal enquanto ambos, José e Maria, eram obrigados a segurar cartazes pela votação do texto de Rebelo, defendido por figuras humanas do calibre da senadora Kátia Abreu, do DEM de Tocantins, presidente da CNA, e do deputado Ronaldo Caiado, do DEM de Goiás, ex-presidente da União Democrática Ruralista (UDR), velha agremiação de latifundiários de inspiração fascista.
José e Maria não sabem ler e nem têm a menor idéia do que é o Código Florestal. Quando lhes perguntei a razão do apoio ao projeto, assim me falaram:


José – Acho que vai ser bom pra nós e pros nossos netos, foi o que disseram.

Maria – É pra cuidar das terras, do futuro do Brasil.

Afora isso, não sabem nada. Nem uma pálida idéia do que é o projeto de Aldo Rebelo, muito menos o que é reserva ambiental e mata ciliar. Nada.
Os cartazes, me contaram, foram entregues por um certo “Luís, do sindicato dos fazendeiros” de Doverlândia, também responsável pela distribuição das camisetas da CNA. Eles foram embarca dos em direção a Brasília sem chance de contestação. Os dois não têm um único centímetro de terra, mas trabalham na terra de quem manda, no caso, um fazendeiro da região. Enfrentaram um frio de 9 graus na viagem até Brasília, tomaram café com leite e pão em barraquinhas armadas em frente ao Congresso e, quando os encontrei, tomavam conta da fila de doces, frutas e confeitos que a CNA havia preparado na entrada da Câmara dos Deputados para impressionar a mídia. Tinham esperança de conseguir um almoço de graça e se mandar de volta para Doverlândia, às 17 horas de terça-feira, dia 24, a tempo de dormir em casa. Triste ilusão.
As gentes usadas como gado pela CNA para garantir a aprovação do projeto de um comunista ficaram enfurnadas no Congresso até tarde da noite, famintas e exaustas, obrigadas a se espremer nas galerias e a servir de claque contra os opositores do Código Florestal. E, é claro, a aplaudir Ronaldo Caiado.

Que essa perversão social ainda exista no Brasil, não me surpreende. Há anos tenho denunciado, como repórter, esse estado de coisas.

O que me surpreendeu mesmo é que os deputados do PCdoB não tenham se retirado do plenário, senão por respeito a José e Maria e à história do partido, mas ao menos por vergonha de serem cúmplices da miserável escravidão a que o casal de Doverlândia e seus companheiros da terra foram submetidos em troca de lanches e camiseta.'
...

* Para encerrar, uma interessante reflexão do companheiro Mello (do Blog do Mello, do RJ), sobre a campanha que a mídia golpista - especialmente a FSP e aliados - estão fazendo contra o ministro Palocci - com o claro intuíto, obviamente, de dificultar e mesmo paralisar o governo Dilma: "Quem alimenta o PiG - Partido da Imprensa Golpista - acaba por ser devorado por ele". Uma clara referência à surpresa e contrariedade da maioria dos militantes da blogosfera em relação à ida da Presidenta Dilma - juntamente com Palocci - no aniversário da 'ditabranda' FSP. Esqueceram-se que o veneno faz parte do DNA do escorpião... (Por Júlio Garcia, especial para 'O Boqueirão' e  Correio Regional).

2 comentários:

  1. Parabéns pelo blog, ótimo trabalho e muito bem estruturado. Att www.Empilhashop.com.br (empilhadeiras usadas)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita e comentário. Volte sempre!!!

      Excluir